Páginas

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Maternidade Real


A Maternidade pra mim não foi somente um desejo e sim um projeto de vida. Durante a gravidez, fui a grávida mais grávida que poderia ser, alimentação regradinha, vitaminas, controle de peso, restrições, tudo seguido à risca, pra mim, eu teria que ser perfeita desde o princípio.

Eis que os meninos chegaram, uma mistura de amor incondicional, medo, apreensão, uma coisa mt mt doida que a gente mal sabe explicar. Ali entendi que só a Maternidade consegue ser linda esplêndida e ao mesmo tempo apavorante, me dei conta que aqueles dois pacotinhos fofinhos eram meus e que dependiam única e exclusivamente de mim. #medo!

Tê-los em casa tbm foi um momento mágico, porém, tive outro choque de realidade, eu precisava de ajuda! Mas como assim? Eu não sou auto-suficiente? Deixa que eu faço, só eu sei como faz.... Neuras e mais neuras.... a vó e o pai reclamavam, a babá olhava atravessado... com o passar do tempo, a rotina louca da amamentação, dia e noite, noite e dia vivendo em função deles, a ficha caiu.... Sim eu canso, não sou perfeita! A fantasia da Mulher Elástico já estava desbotando.....#cansaço

Depois encarei o maior dos dilemas da Maternidade Real, carreira ou filhos? Retornar ao trabalho foi a etapa mais difícil, mesmo sabendo que foi uma escolha acertada, necessária, que seria para o bem e conforto deles. Inicialmente foi Punk passar o dia inteiro fora de casa, deixá-los aos cuidados de babás, mesmo que bem recomendadas, mas a Mãe era EU oras! #dilema

Foi então que conheci o Monstro da Culpa, coração apertadinho ao sair de casa todo dia, 10 ligações diárias, mil recomendações, planilhas e receitas afim de amenizar a falta deles.
Agora consigo aceitar que é possível conciliar sim a carreira e os filhos, embora seja complicado, difícil e cansativo. #culpa

Admiro as mães que levam isso numa boa ou as que dizem que levam, mas comigo não rola (preciso melhorar isto! eu sei!) mas me ocorre um troço complicado, pois eu gosto trabalhar , mas não gosto de ficar longe dos meninos.... Pois é... melhor não tentar entender, pois pra mim a Maternidade Real é exatamente isso, medos, culpas e dilemas... pode ser uma vida louca, mas é a nossa vida, somos mt felizes assim. E hj, sei que sou a melhor mãe, que posso ser!



Bjs,

Jú....
uma mãe do mundo real, que precisa de ajuda, cansa, dá papinha da nestlé, trabalha como uma camela e vem pra casa descansar do trabalho se cansando com os filhos. #prontofalei.

Comentários
9 Comentários

9 comentários:

Camila disse...

Adorei! É isso aí mesmo, para mães de gêmeos o choque de realidade parace um monstro terrível, né?! Mas é uma delícia vê-los crescendo e termos a sensação de q, em algum momento, nós acertamos!
Super bjo,
Camila
www.mamaetaocupada.blogspot.com

Roteiro Baby disse...

Gostei muito do seu post, Julia. Admiro muito as mães de gêmeos... que tem a REALIDADE multiplicada.
Boa sorte.
Espero que goste do meu post também.
Beijocas pra vcs 3.

Naiara Krauspenhar disse...

Adorei sua auto-descrição... rs
A realidade é bem diferente daquilo que a gente imagina né?

E mesmo assim, é bom demais!!!

Adorei!
Bjos

Ana De Paoli disse...

Oi Ju,
Eu também postei na blogagem coletiva. Acho que acabamos falando do tema de modo bem parecido. Haja culpa, não é?!
Um beijo,
Ana
http://www.mamainhavamula.blogspot.com/

Mariana - viciados em colo disse...

Oi Ju,
obrigada pelo comentário. vim conhecer seu blog e adorei o post. Você fala uma palavra que é um tag enorme no meu blog: dilema!

Eu sinto pouca culpa, mesmo tendo a mesma rotina que você. Sei que esta decisão foi a melhor e foi a possível.

Normalmente a culpa vem quando percebo que fiz uma coisa que decidi não fazer e não me controlei ou fui obrigada (gritar, por exemplo, ou ficar até tarde no trabalho).

Sou uma pessoa muito crítica e tenho um auto-julgamento muito severo, por isso e com muita terapia venho exercitando abandonar a culpa.

Uli disse...

Oi Ju! Acho vc uma mãezona, isso sim! Relaxa amiga, manda essa culpa pras cucuias.
Mil bjs!

Ivana - coisademae disse...

Nossa Ju, pra mãe de gêmeos (#caostotal)kkk, achei vc bem equilibrada, rs! Não deve ser fácil, aliás, deve ser uma loucura! Minha mãe passou por isso, tenho uma irmã gêmea! Ela diz que tinha sempre gente lá em casa ajudando e que minhas tias levavam a roupa suja e fraldas de pano da gente pra casa e traziam no dia seguinte lavadas e passadas. Uma luta!

Você é uma guerreira!

obrigada pela visita lá no blog, viu? Passarei mais vezes aqui!

Bjos!

Julia Usui disse...

Obrigada queridas, prometo cuidar disso e o melhor, sem lamentações!!! Farei um post para reafirmar isso!

bjs meninas, comentem sempre!

Ana Carolina disse...

É Ju, nossa batalha é árdua, mas com recompensas em dobro. Lindo seu post.
Beijos nos meninos.

Postar um comentário

Obrigada por sua visita!!!
Deixe seu comentário ou envie email para: julia.hipolito@gmail.com
(Aviso: propagandas/anúncios de vendas não serão publicados, sorry)

Seja bem vindo!

Este blog foi criado com a intenção de compartilhar as experiências de uma Mãe de Gêmeos de primeira viagem. Aproveitando o embalo para o acompanhamento da família e amigos nesta maratona!!!

Volte sempre ...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...