Páginas

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Casa bagunçada


Se ficar assim eu piro!!!
Ao me tornar mãe, percebi que o assunto casa bagunçada é realmente algo muito complexo, coisa do tipo acostume-se ou enlouqueça! Num passado não muito distante eu tive uma casa que sempre esteve limpa e arrumada, apesar do maridin não colaborar, eu conseguia manter a ordem. Com a chegada dos Japaboys meu mundinho cor de rosa tornou-se marrom, cinzentado com nuances amarelo embolorado, a fase "aceite a bagunça" foi um tratamento de choque! 


No início eu insistia em manter tudo nos trinques como antes, mas a rotina da amamentação, poucas horas de descanso, mal humor, irritação e falta de ajuda no final de semana me fizeram aceitar a bagunça, (PAUSA: bagunça e sujeira embora andem juntas são coisas diferentes, ok? DESPAUSA). Em nome de minha sanidade mental eu precisei me adaptar e aceitar que não sou de ferro e que não conseguia dar conta de tudo sozinha. Lembro que muitas vezes fugi de visitas por não ter a casa em ordem, hoje posso dizer que evoluí e toquei o f... pra desordem. Recebo visitas com a casa arrumada (coisa rara) ou bagunçada (ever!) numa boa e aviso sempre:  "não repara na bagunça" com a cara mais lavada possível..... tsc...tsc...tsc...


Mesmo tendo maior parte da bagunça centralizada no quarto de brinquedos, já não me importo se o jogo de porcelana tá incompleto, se tem mancha no tapete ou coisas fora do lugar, afinal isso aqui é uma casa, não um cenário de novela (como diria Drummond).



===================== 


Casa Arrumada
Carlos Drummond de Andrade (1902-1987)

Casa arrumada é assim:
Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo: Aqui tem vida...
Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante,
passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos...
Netos, pros vizinhos...
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia. Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente.

Arrume a sua casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar.





 Bjs,



Ju

  
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Camila Sabino disse...

Ju eu tambem sou mega neurotica com o quesito casa! mesmo estanto tudo limpinho não fica mais em ordem como antes, aqui em casa o grande X da questão são os brinquedos e tampas de panelas espalhados pela casa, sempre vou lá e junto mas em 5 minutos está tudo espalhado novamente!!!

Desirée Tapajós disse...

Oi Julia, sei bem como é isso, antes todo mundo dizia que minha casa parecia de casa de boneca, toda arrumadinha, agora tem brinquedo por tudo que é parte. Outra coisa que concordo com vc bagunça é diferente de sujeira. Bagunça tem apreendido a conviver, mas sujeira não.

Bjs e bom feriado.

Desirée Tapajós
http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

Rosana trimãe disse...

Oiê.
Olha eu aqui, posso confessar que tô confusa porque em casa alem da bagunça, rola uma certa quantidade de migalhas de bolacha pão e afins que o trio insiste em espalhar, eu fico o dia todo tentando limpar sacomé, nunca fica bom.

bejus

Lucinalva disse...

Olá Jú

Gostei do poema de Carlos Drummond de Andrade e destaco a frase: "Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela". É importante deixar a criançada brincar e aproveitar os momentos da infância. Parabéns pelo blog. Um forte abraço.

Postar um comentário

Obrigada por sua visita!!!
Deixe seu comentário ou envie email para: julia.hipolito@gmail.com
(Aviso: propagandas/anúncios de vendas não serão publicados, sorry)

Seja bem vindo!

Este blog foi criado com a intenção de compartilhar as experiências de uma Mãe de Gêmeos de primeira viagem. Aproveitando o embalo para o acompanhamento da família e amigos nesta maratona!!!

Volte sempre ...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...