Páginas

terça-feira, 10 de abril de 2012

De poucas palavras

A cada dia tenho percebido que os meninos estão se tornando homens de "poucas palavras", reconheço a herança da timidez devido a descendência japa, mas ainda assim, me dei conta que eles estão prestes a completar dois anos e o meu feeling com relação ao desenvolvimento da fala está abaixo do esperado. Digo isso pq sei que eles são extremamente espertos, possuem boa interpretação visual, sabem o que querem e o que não querem, mas só usam a linguagem corporal.

Como mãe, sei perfeitamente que nunca, em hipótese alguma podemos fazer comparações, mas nos casos de dúvidas no desenvolvimento, não tem como fugir delas, mesmo não sendo de forma consciente, ver o filho tagarela do vizinho e ver os meus caladinhos, acarreta em vários pontos de interrogação. Será que têm algo errado? O que estou fazendo de errado? Os estímulos não estão sendo suficientes? Ou seja, a sementinha da dúvida já está plantada aqui na cachola da mamãe!

Entendo que cada criança tem seu próprio tempo e da importância de se respeitar isso, no entanto,  não quero, não vou esperar de braços cruzados por expectativas obscuras. Por isso, algumas providências foram tomadas, o Coelhinho da Páscoa trocou as chupetas por ovos de chocolate, estou lendo sobre o assunto e também agendei consulta com a Fono, contarei o resultado da avaliação por aqui.

E para não perder o costume, a perguntinha que não quer calar (só em caráter de pesquisa, garanto). Como foi com seus respectivos filhotes?  Tagarelas? Caladinhos? Contem-me tudo!

Bjs!

Comentários
7 Comentários

7 comentários:

Anônimo disse...

Eita Ju, desencana menina, cada criança é de um jeito, como vc frizou, mas se achas melhor procurar uma fono, vai e tira as minhoquinhas da cabeça, os meus demoraram pra falar, a mais nova primero assoviou depois que começou a falar, vai entender...rs
beijos
Fatima

Renata disse...

Ju, espera eles completarem os dois anos! Realmente faz diferença,... os meus começaram a tagarelar mesmo, repetir tudo o que falamos depois dos dois anos... E pode acreditar, cada um tem seu tempo. Bjos Re

Catia, mamãe do Gui disse...

Ju... lembro do maridex na consulta de 1ano e 10 meses do Gui, reclamando pro pediatra que ele não falava...
"como assim? não fala nada??"
Ale respondeu, fala pouco..
Médico: pouco como?
Ale: agua, mamã, papai, bola, bolacha...
médico interrompe Ale: Pára meu, fala mais que tu... problema é não falar nada, espera...

Guria, nem te conto... ainda ontem reclamei pro Ale... Tu não tá ouvindo teu filho te chamar e te contar o que ta vendo na TV??? Ale me responde: "ah, ele tá sempre tagarelando, nem presto mais atenção"...
Realmente nos dois anos parece que deu um "start" e agora fico procurando o botão OFF, será que tem????
Essa semana aprendeu a conjugar um verbo... até sexta passada ele dizia "não qué"... Hoje já saiu um alto e sonoro "não QUERO"...
Espera um pouquinho... logo logo tu vai dizer "que saudades do silêncio..." E tem mais uma coisa, se eles vão muito bem na "corporal", dificulta as coisas, por exemplo, quando querem algo, fica repetindo o nome até eles tentarem falar, ai vc entrega... o Gui ficava balbuciando bastante, tentando imitar o movimento dos lábios...
bj e volta para nos contar...

Juliana Doerner disse...

Amiga, aqui os meus quando completaram 2 anos não falavam muita coisa não, mas falavam, tentavam repetir..

Agora com 2 anos e 2 meses estão mais falantes, mas ainda não é a mesma coisa que muitos que vejo por ai, acho que se eles não tem problema algum, pode ser sim no tempo deles.

Meu sogro demorou 4 anos pra falar, o irmão do meu esposo 2 anos... então tiveram o tempo deles, e são normais, devido a isso respeitei o tempo dos meus, pois eu quando tinha 6 meses ja falava vovó, na minha família as crianças falam cedo, mas respeitei e hoje ja estão falando mais!!!

Beijão!

Carol Damasceno disse...

Ju saudades daqui....

A LAura está com 1 ano e 3 meses e percebo que ela é preguiçosa... Fico de olho... Ma acredito que você está no caminho certo... Tem que levar na fono e começar um tratamento se for diagnosticado que é necessário...

Ficarrei aqui esperando o resultado...

Beijocas
Carol

Anônimo disse...

Oi Jú,tdo bem? Já tem mais de ano que acompanho o seu blog,e acho que nunca deixei um comentário,mas hj resolvi me pronunciar.Também sou filha de japa,e lá em casa somos em 5 irmãos,no qual 3 falam mais que a boca,os outros 2 falam pouco ,decerto herança genética de japa..rs.O meu filho hj tem 15 anos,e fala,muito,muito,até dormindo.Mas nem sempre foi assim,até ele completar 2 anos não falava nada,zero palavra.Mas 1 dia após completar 2 anos,deslanchou a falar,e como fala..rs
Acredito que os japas boys estão no tempo certo,talvez sejam um pouquinho preguiçosos pra falar,mas espere até eles completarem os 2 anos pra ver.Qto a chupeta acho super válido tirá las,pois se passarem mto tempo com as benditas na boca,ficam mais preguiçosos ainda.Meu sobrinho está com 2 anos e 5 meses,e chupeta o dia todo,e só fala papai e mamãe..rs
Fique tranquila,o tempo deles falarem estão chegando.Parabéns por ser essa mamãe tão dedicada,sou muito sua fã,és mto divertida na escrita.Parabéns,e beijinhos nos fofuxos,logo falantes..rs
Liliane

*Brenda* disse...

Oi.. depois de alguns desafios, tive meu primeiro filho e criei um blog pra participar desse universo de mamães blogueiras!! Pode dar uma passadinha lá e se gostar, pode me seguir?
Necessito de amigas blogueiras para trocar experiências!!
Estou te seguindo, ok??

Postar um comentário

Obrigada por sua visita!!!
Deixe seu comentário ou envie email para: julia.hipolito@gmail.com
(Aviso: propagandas/anúncios de vendas não serão publicados, sorry)

Seja bem vindo!

Este blog foi criado com a intenção de compartilhar as experiências de uma Mãe de Gêmeos de primeira viagem. Aproveitando o embalo para o acompanhamento da família e amigos nesta maratona!!!

Volte sempre ...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...